Cresce número de pessoas que pretendem tomar vacina contra covid-19


 

O número de pessoas que pretendem ser vacinadas contra a covid-19 aumentou de setembro de 2020 para janeiro de 2021. Antes, 61,2% da população já manifestava o desejo de tomar vacina. Agora, o número subiu para 65,7%.

Por outro lado, aumentou também o número de pessoas que é contra a obrigatoriedade da vacinação. Em setembro/2020, 38,6% achavam que a imunização não deveria ser obrigatória. Em janeiro/2021, a porcentagem chegou a 41,3%. Ainda assim, é abaixo do número de cidadãos a favor da obrigatoriedade: 53,3%

O levantamento é do instituto Paraná Pesquisas e foi realizado através de contato telefônico entre os dias 16 e 19 e janeiro de 2021. Foram ouvidas pessoas do Distrito Federal e dos 26 estados brasileiros.

Desde o último domingo, o Brasil vem vacinando parte da população. São Paulo foi o primeiro estado a vacinar. O DF começou a imunização na terça-feira (19) e vem dando sequência, imunizando profissionais da linha e frente no combate à covid-19, indígenas, idosos e pessoas com deficiência em casas de longa permanência e cuidadores destas pessoas.

A vacina utilizada por todo o país é a Coronavac, produzida no Brasil pelo Instituto Butantan em parceria com a chinesa Sinovac Biotech. Nesta sexta (22), o Brasil deve receber outro imunizante: o de Oxford.


Share on Google Plus

About CRIATIVO PUBLICIDADE

0 comentários:

Postar um comentário