Hospital de Samambaia receberá mais 20 leitos de UTI para enfrentar 2ª onda do Covid-19


 

Secretaria de Saúde anunciou nesta quarta-feira (30) plano de mobilização em hospitais. Ampliação de vagas vai depender de indicadores, diz secretário. Leitos de UTI no Distrito Federal Breno Esaki/Agência Saúde.

O governo do Distrito Federal divulgou, nesta quarta-feira (30), o novo plano de mobilização para leitos da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para a enfrentar a possível segunda onda de Covid-19. 

A previsão é de que sejam abertas, de modo gradual, mais 151 vagas para pacientes adultos. Até a publicação desta reportagem, a Sala de Situação do GDF registrava 281 leitos de UTI na capital, entre adultos e pediátricos. Desse total, 199 estavam ocupados, outros 77 estavam vagos e cinco, bloqueados. A taxa de ocupação na rede pública é de 72,1%.

 De acordo com a Secretaria de Saúde, entretanto, a ativação de novos leitos vai depender de indicadores analisados por uma comissão de monitoramento.

 O secretário da pasta, Osnei Okumoto explicou que entre os critérios, vai ser avaliada a taxa de transmissão do vírus e de ocupação de UTIs, além da média móvel de óbitos.

 A implementação de novos leitos deve ocorrer em sete fases, do seguinte modo: Fase de ativação 1: mobilização de 20 leitos de UTI do Hospital Regional de Samambaia. 

Fase de ativação 2 (contínua a anterior a depender da taxa de ocupação): 

Mobilização de 40 leitos de UTI do Hospital Regional de Santa Maria. Fase de ativação 3 (contínua a anterior a depender da taxa de ocupação): mobilização de 20 leitos de UTI do Hospital Regional da Asa Norte. 

Fase de ativação 4 (contínua a anterior a depender da taxa de ocupação): mobilização de 20 leitos de UTI do Hospital Regional do Gama. Fase de ativação 5 

(contínua a anterior a depender da taxa de ocupação): mobilização de 10 leitos de UTI do Hospital Regional de Ceilândia. Fase de ativação 6 (contínua a anterior a depender da taxa de ocupação): mobilização de 18 leitos de UTI do Hospital Universitário de Brasília. 

Fase de ativação 7 (contínua a anterior a depender da taxa de ocupação): mobilização de 23 leitos de UTI dos Hospitais contratados (Daher, HOME e São Francisco). Esta reportagem está em atualização. Leia mais notícias sobre a região no G1 DF.

Share on Google Plus

About CRIATIVO PUBLICIDADE

0 comentários:

Postar um comentário