Mercadoria ilegal avaliada em R$ 150 mil seria revendida em Samambaia


Durante revista da bagagem de mão de um dos passageiros, a PRF encontrou alguns itens eletrônicos vindos do Paraguai e sem nota fiscal. Em seguida, foi iniciada uma revista no compartimento de carga do veículo, no qual a polícia encontrou vários outros itens na mala do mesmo passageiro e de uma outra passageira do ônibus. 

Ambos eram conhecidos pelos policiais. O homem mora em Ceilândia (DF) e trazia a mercadoria para revender na Feira dos Importados de Brasília, enquanto a mulher mora em Ponta Porã (MS) e levava a mercadoria a outra pessoa na Samambaia (DF).

Ao todo, a polícia apreendeu 83 perfumes; 389 unidades de produtos de pesca; 4 receptores de TV; 40 balanças eletrônicas; 7 eletrônicos diversos; 223 caixas de papel vegetal para cigarro, 26 unidades de óleo de massagem, 45 caixas de baterias, 02 unidades de GPS, 21 pares de fones de ouvido, 01 caixa de som, 01 aparelho celular, 46 unidades de perfumes/cosméticos, 30 unidades de brinquedos e 263 peças de vestuário.

A Receita federal recolheu a mercadoria junto à PRF e os envolvidos responderão pelo crime em liberdade.


Share on Google Plus

About CRIATIVO PUBLICIDADE

0 comentários:

Postar um comentário