Homem acusado de atirar na cabeça da namorada vai a júri popular em Samambaia



O Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT) decidiu que Leonardo Pereira dos Santos, de 31 anos, será levado a júri popular. Ele foi preso por atirar na cabeça da namorada, de 18 anos, e matá-la, no dia 14 de janeiro passado, em Samambaia.



Leonardo disse que atirou na cabeça da jovem durante um jogo de "roleta russa". Além do assassinato de Gabrielly da Silva Miranda, tratado como feminicídio, ele também é acusado por porte ilegal de arma de fogo.

Segundo a denúncia do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT), Leonardo não aceitava o fim do namoro. "No momento em que, em tese, a vítima estaria na casa do denunciado, este teria pego a arma de fogo que possuía ilegalmente na sua residência e teria efetuado um disparo contra a cabeça da vítima Gabrielly, matando-a", aponta o MP.

Share on Google Plus

About CRIATIVO PUBLICIDADE

0 comentários:

Postar um comentário