Menino de 11 anos morre após receber descarga elétrica de celular que estava carregando

DROGARIA DO TRABALHADOR


O menino Matheus Macedo Campos, de apenas 11 anos, morreu na tarde de domingo (23), após descarga elétrica recebida enquanto usava um telefone celular que estava carregando em sua casa, em Santarém, oeste do Pará. Ele foi socorrido e levado ao Hospital Municipal Dr. Alberto Tolentino Sotelo, mas não resistiu a uma cardiorrespiratória.

O acidente aconteceu por volta das 14h, no bairro Mararu, na residência da família de Matheus Macedo Campos, quando o garoto brincava com o aparelho em companhia de quatro primos.

"Eles estavam brincando com os celulares. Foi tudo muito rápido. deu um curto-circuito, acho que estavam usando um beijamim (adaptador) para carregar os aparelhos na mesma tomada, mas foi só ele que recebeu a descarga. Ele não chegou a cair, ficou grudado na cadeira", contou ao G1 a avó de Matheus, Maria Raimunda Campos Brito.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado imediatamente, mas devido Matheus ter ficado desacordado, os familiares saíram de casa com o menino em veículo particular antes da chegada da ambulância. O veículo foi encontrado pela ambulância no cruzamento da avenida Curuá-Una com a Moaçara.

Matheus foi transferido do veículo particular para a ambulância onde recebeu manobras de reanimação porque havia sofrido uma parada cardiorrespiratória e o coração voltou a bater. Na chegada ao Hospital, a criança teve mais uma parada e desta vez, apesar das tentativas de reanimação, não reagiu mais.

O caso acendeu o alerta para os riscos de uso de equipamentos ligados à tomada em dias de chuva, como foi o último domingo em Santarém. O choque elétrico com celular pode causar queimaduras cutâneas, lesões a órgãos internos e outros tecidos brandos, arritmias cardíacas e parada respiratória.
"Nós estamos inconsoláveis com essa tragédia. Meu neto não voltará mais. Mas que seja exemplo pra muitos que teimam em usar o celular ligado ao carregador", alertou Maria


Share on Google Plus

About CRIATIVO PUBLICIDADE

0 comentários:

Postar um comentário