Junto há 42 anos, casal morre de Covid-19 com diferença de 14 horas no DF



Vítima da Covid-19, um casal morador do Gama, no Distrito Federal morreu com apenas 14 horas de diferença. Casados há 42 anos, Francisca Vieira Lima , de 64 anos, e José Ariston Nogueira de Lima, de 69 anos, estão entre as 1.605 mortes registradas na capital até a noite de quarta-feira (5).

De acordo com uma das filhas do casal, José Ariston faleceu por volta de 18h30 de terça-feira (4), já Francisca Vieira, morreu às 8h de quarta. Ao G1, a bancária Patrícia Vieira Lima, de 38 anos, contou que os pais deixaram um ensinamento: "o amor vai muito além da vida", aponta.


"Eu e minhas irmãs entendemos como cumprimento de uma missão e que eles só podem ser almas gêmeas."

Segundo a bancária, a história de amor dos pais começou em 1978, em Fortaleza, quando José se apaixonou por uma foto de Francisca. "Ele foi buscar o aluguel para o tio dele, na casa da minha vó, e viu a foto dela", explica.

Patrícia contou à reportagem que o casal estava em Brasília desde 1979. Francisca e José tiveram três filhas e gostavam de viajar juntos.
"Eles eram os pais mais cuidadosos, amorosos e dedicados do mundo."


Share on Google Plus

About CRIATIVO PUBLICIDADE

0 comentários:

Postar um comentário