Saúde pública de Samambaia entra em colapso com casos crescentes de coronavírus

Na tarde desta terça feira, 07 de julho, segundo a secretária de saúde, Samambaia não tem mais vagas nas UTI (unidade de Terapia Intensiva) para tratamentos de pacientes com o novo Coronavírus.

Dos dez leitos reservados, nenhum está vago, situação complicada para quem precisar de atendimento contra o Coronavírus.


No ultimo boletim mostra um avanço de mais de 4 mil casos na cidade, segundo informações as situações estão mais preocupantes no Hospital e na UPA de Samambaia.

Situação no DF



O Distrito Federal terminou a tarde dessa quarta-feira (1º/07) com ocupação de 82,5% dos leitos de unidades de tratamento intensivo (UTI) reservados para pacientes com o novo coronavírus, segundo dados divulgados pela Secretaria de Saúde. No início de junho, a ocupação total era de 59%.

Hospitais de campanha e UCI’s

Alguns hospitais do DF reservaram unidades de cuidados intermediários (UCI), destinadas a usuários em situação clínica de risco moderado, para aqueles com Covid-19 que requerem cuidados semi-intensivos, intermediários entre a unidade de internação e a UTI. No DF, são 97 leitos do tipo, com 79 vagas.
Para também ajudar a desafogar as unidades de saúde da capital, os leitos de hospitais de campanha foram criados com o objetivo de suprir a demanda de pacientes de baixa complexidade, ou seja, que devem permanecer internados, mas dispensam cuidados intensivos. Nessa quarta-feira (1º/07), dos 434 disponíveis, 303 estavam ocupados.
Share on Google Plus

About CRIATIVO PUBLICIDADE

0 comentários:

Postar um comentário