Manifestantes fazem protesto contra reabertura de comércios e escolas no DF



Um grupo de aproximadamente 100 pessoas realizou uma manifestação contra o decreto de reabertura dos comércios e escolas no Distrito Federal, na manhã desta sexta-feira (3/7), em frente ao Palácio do Buriti. O ato intitulado Todas as Vidas Importam reuniu faixas, cruzes e manifestantes vestidos de preto em homenagem às vítimas de coronavírus na capital federal.

Com faixas, os manifestantes não chamaram atenção para o perigo de uma volta rápida da população para as ruas. E explicaram que não foi convocado um movimento muito grande para a ação desta sexta exatamente para evitar aglomeração.
Integrantes do Sindicato dos Professores (Sinpro), do Conselho de Saúde, do Sindicato dos Enfermeiros, da Central Única dos Trabalhadores e de movimentos de mulheres estiveram no local. A manifestação foi rápida, segundo eles, para diminuir o perigo do contágio do novo coronavírus.
“Não há acordo com a população de Brasília. Neste momento, o que se precisa é de cuidar das vidas. No caso da educação, é colocar meio milhão de vidas para circular. A gente entende que agosto não é o momento de voltar”, afirmou Rosilene Corrêa, do Sinpro

Share on Google Plus

About CRIATIVO PUBLICIDADE

0 comentários:

Postar um comentário