GDF planeja volta das creches em Samambaia em 28 de setembro




O Governo do Distrito Federal (GDF) planeja reabrir creches públicas e conveniadas em 28 de setembro, caso exista amparo legal. A data consta no calendário divulgado pela Secretaria de Educação.
O Sindicato dos Professores em Estabelecimentos Particulares do DF (Sinproep) apresentou ao governo proposta de acordo para a volta das creches, seguindo o mesmo cronograma da rede pública de ensino.
As escolinhas de educação infantil – creches e jardins de infância – estão proibidas de reabrir por decisão judicial. E o sindicato é o autor da ação. Caso a negociação para a reabertura alcance entendimento entre professores e governo, o Sinproep vai retirar o processo e formalizar acordo na Justiça.
Segundo o diretor jurídico do sindicato, Rodrigo de Paula, a proposta consiste em um conjunto de protocolos de segurança para crianças e professores. “Nós estamos construindo a possibilidade de um acordo para que as creches voltem na mesma agenda da rede pública”, pontuou.
Segurança sanitária

O Sinproep apresentou protocolo de segurança sanitária para exigir também a testagem nas creches. Os custos seriam pagos pelo GDF. De acordo com Rodrigo de Paula, as instituições não têm condições financeiras de arcar com as despesas decorrentes dos testes e das adequações. 


“Nós pedimos que o governo dê condições para as creches se aparelharem na volta das aulas. Até porque temos nelas uma relação diferente. Grande parte das crianças é de colo e precisa de mais cuidado e higienização”, enfatizou o diretor do Sinproep.
Pelas contas do sindicato, há aproximadamente 90 creches no DF, atendendo cerca de 20 mil crianças. Somando professores e funcionários, os estabelecimentos empregam 2 mil profissionais. Com as instituições fechadas, pais buscam mães crecheiras e outras alternativas para deixarem os filhos enquanto trabalham.


Share on Google Plus

About CRIATIVO PUBLICIDADE

0 comentários:

Postar um comentário