Pedestres não conseguem fazer teste para Covid-19 no drive-thru do GDF


PIT SHOP CAR
Em meio à pandemia de coronavírus, que já contaminou mais de 16 mil pessoas no Distrito Federal (DF), brasilienses denunciam que os pontos de drive-thru para testes do vírus não estão atendendo pedestres e ciclistas. 
Nesta segunda-feira (8), o empresário Cássio Rosa foi até o Estacionamento 13 do Parque da Cidade para realizar o exame mas, chegando ao local, foi orientado a chamar um carro por aplicativo para ser atendido. 
“Luís Augusto, coordenador da tenda do teste de covid rápido do GDF me informou que a secretaria de saúde proibiu o atendimento de pessoas que estão a pé ou de bicicleta. A sugestão é que pegue um uber e espere duas horas na fila”, disse Cássio. 

Segundo o empresário, a atitude é segregadora e, com o prazo de cerca de duas horas e meia, o uber sairia por quase R$ 300.  
Esse valor pode aumentar ainda mais nas próximas semanas. Com a reabertura do comércio na capital, o número de pessoas circulando nas ruas e transporte público podem ter como resultado o aumento de pessoas necessitando de leitos de hospital para tratar dos sintomas de covid-19. 

Share on Google Plus

About CRIATIVO PUBLICIDADE

0 comentários:

Postar um comentário