Hospital Regional de Samambaia tem 22 servidores com coronavírus



PLANOS DE SAÚDE
De acordo com informações da Secretaria de Saúde do Distrito Federal, 22 servidores do Hospital Regional de Samambaia (HRSam) receberam diagnóstico positivo para a covid-19. A cidade é a quarta com o maior número de infectados no Distrito Federal — 260 casos confirmados, conforme último boletim divulgado pela pasta nesta segunda-feira (18/5).

Ao todo, a secretaria informa que 1.030 servidores foram testados na unidade de saúde. Destes, 22 estavam contaminados com o novo coronavírus. Entre eles, estão um servidor comissionado da área administrativa, dois enfermeiros, um fisioterapeuta, 10 técnicos de enfermagem, dois médicos, um terceirizado, um servidor do Núcleo de Apoio e Remoção de Pacientes, um da informática, um da biomédica e um do Núcleo de Gestão de Pessoas.

Dos 22 diagnosticados, 17 estão afastados, cumprindo o período de quarentena, e os outros cinco retornaram às atividades.
"As equipes foram reorganizadas de forma a assegurar o pleno atendimento aos usuários, inclusive com a liberação de Trabalho por Período Determinado (TPD)", informa a pasta.
Também em Samambaia, nesta segunda-feira, de acordo com o Instituto de Gestão Estratégica de Saúde do DF (IGES-DF), quase 23% dos colaboradores que atuam na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da cidade foram diagnosticados com a covid-19 nos últimos 41 dias. Entre eles, estão técnicos de enfermagem, enfermeiros e médicos. Do universo de 249 servidores, 57 testaram positivo para o novo vírus.

Somados, os números apontam que, em tempos de pandemia, 79 servidores das unidades de saúde de Samambaia receberam diagnóstico positivo para a covid-19.
Share on Google Plus

About CRIATIVO PUBLICIDADE

0 comentários:

Postar um comentário