Mais que dobram os casos de dengue no DF



Mesmo em meio ao combate à pandemia do novo coronavírus, dengue e a H1N1 têm exigido esforço constante da Secretaria de Saúde do DF . A dengue registrou um aumento de 100,12% no número de casos prováveis em relação ao mesmo período ano passado. A doença transmitida pelo mosquito aedes aegypti deu um salto de 8.110 para 16.230 casos prováveis.
Até a o dia 28 de março, foram confirmadas oito mortes por dengue, 21 casos graves e 269 casos com sinais de alarme. Os números são da mais recente atualização, feita no último dia 7 de abril pela subsecretaria de Vigilância à Saúde do DF.

Já o número de casos confirmados de síndrome respiratória aguda grave (SRAG) é maior na parte leste do DF. Essa porção totaliza 23 pessoas contaminadas pelo vírus influenza. Sendo São Sebastião a cidade com maior número de casos: 12. Além disso, a única com morte confirmada, ao lado de Ceilândia. No total, o Distrito Federal já conta com 81 casos de H1N1 até o último boletim epidemiológico.
Da semana epidemiológica 01 a 11/2020 — referente a dados da Secretaria de Saúde do DF de 29 de dezembro de 2019 até a data de hoje — foram realizadas 137 coletas. Dessas, 11% deram positivo para vírus respiratórios, 8% negativas e 81% aguardam resultado laboratorial. Entre os casos positivos, 20% foram por influenza A; 20% por influenza B; 40,0% por rinovírus; 6,7% por vírus sincicial respiratório (VSR); 6,7% por metapneumovírus; e 6,6% por para influenza 3.

Pessoas atendidas

A Secretaria de Saúde do DF (SES-DF) já recebeu do Ministério da Saúde 584 mil doses de vacina contra influenza para rede pública de saúde no Distrito Federal. Com isso, mais de 339 mil pessoas já foram vacinadas no DF até o momento. Para as pessoas do grupo de risco, o Distrito Federal atingiu 100% da meta de vacinação de idosos e 70% dos profissionais de saúde.
Segundo a SES-DF, as coletas de pessoas com síndrome gripal foram realizadas nas seguintes unidades públicas de saúde (por ordem crescente no número de coletas): Hospital Regional de Taguatinga (HRT); Hospital Regional de Santa Maria (HRSM); Hospital Materno e Infantil de Brasília (Hmib); Hospital Regional do Gama (HRG); Hospital Regional da Asa Norte (Hran). As cinco unidades totalizam 137 coletas realizadas na Semana Epidemiológica 11/2020.

Share on Google Plus

About CRIATIVO PUBLICIDADE

0 comentários:

Postar um comentário