GDF estuda reabrir escolas do ensino médio de Samambaia em 18/05


O GDF estuda reabrir as escolas a partir de 18 de maio para o ensino médio. Essa é a sugestão que consta em plano elaborado pela Secretaria de Educação do DF, segundo o qual a volta às aulas para toda a rede de ensino poderia ocorrer no dia 1º de junho.
A proposta para retorno gradual das atividades de estudantes e profissionais da educação é citada na Nota Técnica nº 09/2020, de 25 de abril de 2020, à qual a coluna Grande Angular, do Metrópoles, teve acesso. O documento é assinado pela subsecretária de Gestão de Pessoas, Kelly Bueno.

O Escritório de Situação e Projetos do Gabinete do secretário de Educação elabora o Plano de Retorno às Aulas Presenciais na Rede Pública de Ensino do DF desde 22 de abril. Nessa data, o governador Ibaneis Rocha (MDB) deu 10 dias para apresentação do estudo a fim de efetivar a reabertura dos estabelecimentos de ensino.
Rodízio
Entre as proposições elencadas pela nota técnica, está a criação de rodízio para que as turmas sejam divididas em escolas que não têm infraestrutura para garantir o distanciamento mínimo de 1,5 metro entre os alunos. Em cada semana, uma parte do grupo teria aula presencial, enquanto a outra metade faria estudos mediados por tecnologia.

Outra sugestão é a divisão por turnos das turmas nas unidades de ensino em tempo integral. De acordo com a solução sugerida no documento, metade dos estudantes teria aula no turno matutino e o restante, no vespertino, de forma que a quantidade de pessoas nas salas fosse reduzida.
Alguns setores, contudo, teriam dificuldade para adaptar as medidas voltadas a evitar o contágio do novo coronavírus. É o caso do Programa de Educação Precoce e do Ensino Especial, cujas aulas seriam incompatíveis com o distanciamento de 1,5 metro recomendado. A Subsecretaria de Gestão de Pessoas (Sugep) propôs a manutenção da suspensão das atividades dessas turmas.


Share on Google Plus

About CRIATIVO PUBLICIDADE

0 comentários:

Postar um comentário