Famílias carentes de Samambaia pedem doações de alimentos



A crise econômica e social começa a aparecer após cerca de um mês de isolamento social provocada pelo o Coronavírus em Samambaia impedindo dos comércios abrir, sem ter o que trabalhar famílias inteiras pedem ajuda com pelo menos uma cesta básica.

Após uma reportagem veiculada no Portal de Notícias Samambaia em Pauta, o número de pedidos ultrapassou mil pessoas pedindo alimentos, os autônomos é o que mais tem sofrido com a crise.


"Recebemos mais de mil pedidos, em um desses pedidos um morador pediu para morrer, pois estava a quase 15 dias sem nada e nossa equipe levou uma cesta". 





Para ajudar na travessia das dificuldades causadas pela pandemia de coronavírus,o Portal de Notícias Samambaia em Pauta lançou  a campanha "Ajude uma família carente", com o objetivo de arrecadar cestas básicas e produtos que possam ser usados para montar mais cestas e itens de limpeza e de higiene pessoal.

Assim, solicitamos a todos que desejam colaborar a doação de cestas básicas (preferencialmente aquelas que são vendidas já embaladas, em supermercados) uma vez que facilita a distribuição pelos responsáveis.

Para aqueles que não podem contribuir com a cesta mas também desejam colaborar, solicitamos doação dos itens avulsos como:
 - leite integral;
 - arroz;
 - açúcar;
 - macarrão;
- extrato ou molho de tomate;
 - café em pó;
 - óleo de soja ou milho, girassol, canola, etc;
 - fraldas descartáveis infantis e geriátricas;
 - leite em pó em lata, para crianças
 - feijão;
 - detergente líquido;
 - papel higiênico;
- sabonete;
- creme dental;
 - biscoitos do tipo "maisena" ou "água e sal";
- fubá;
- farinha de mandioca;

- dentre outros alimentos não perecíveis.



Os produtos arrecadados serão entregues à Famílias Carentes de Samambaia, com intuito de ajudar os moradores da cidade neste momento tão difícil, para doar cestas básicas ou qualquer tipo de alimento basta entrar em contato (61)991499793 WhatsApp.



Share on Google Plus

About CRIATIVO PUBLICIDADE

0 comentários:

Postar um comentário