Caixa Econômica vai pagar atrasados do auxílio emergencial



O trabalhador informal que ainda não conseguiu pedir o auxílio emergencial do governo federal manterá o direito ao valor das três parcelas do benefício.

O prazo para pedir o benefício vai até 2 de julho, ou seja, três meses contados a partir de 2 de abril, quando a lei que criou o auxílio foi publicada no "Diário Oficial União".


Para trabalhadores com direito a parcelas de R$ 600, os atrasados do
auxílio emergencial poderão chegar a R$ 1.200, caso a solicitação seja
atendida a partir do pagamento da terceira parte do benefício.


Diferente do que ocorre com pagamentos de valores atrasados de
benefícios previdenciários, como aposentadorias e pensões, o auxílio
emergencial não será pago com correção monetária da inflação, segundo a
Caixa.


Os trabalhadores informais têm a possibilidade de pedir o auxílio até o
último dos 90 dias de validade da medida. Para isso, precisam realizar a
solicitação por meio do aplicativo Caixa | Auxílio Emergencial ou pelo site
auxilio.caixa.gov.br (https://auxilio.caixa.gov.br).

Os pagamentos são fechados em até três dias após a aprovação dos
cadastros. Antes dessa etapa, os cadastros passam por uma análise da
Dataprev (empresa de tecnologia da Previdência) e podem levar até cinco
dias para serem liberados, segundo a Caixa.

Após realizar o pedido, o candidato a beneficiário deve consultar o
andamento do processo pelo aplicativo, no site ou pelo telefone 111 para
saber quando o valor será pago.
Share on Google Plus

About CRIATIVO PUBLICIDADE

0 comentários:

Postar um comentário