Agência do trabalhador em Samambaia passam por reforma



O início das obras foi em dezembro. Para cada unidade, são necessários R$ 300 mil, adquiridos a partir da articulação com deputados distritais. As duas funcionam em prédios próprios da Secretaria de Trabalho (Setrab), com maior movimento e estruturas gastas pelo tempo. “Na visão dos técnicos, essas eram as mais precárias, com problemas de infraestrutura, então entramos para dar  melhor condição e mais acessibilidade”, explica o titular da pasta, Thales Mendes.
São melhoradas as instalações deterioradas com o tempo, como piso, pintura, banheiros, esquadrias e forro. Mais que isso, os locais recebem atualização da acessibilidade, com colocação de piso tátil, rampas de acesso, sinalização e banheiro adaptado. Visando melhor atendimento, o projeto inclui a reorganização do espaço para criação de salas de aula (três em Ceilândia e duas em Samambaia) para oferta de cursos de qualificação e de locais para autoatendimento.
“Já era hora”, comemora a dona de casa Ana Isabel, 53 anos. Moradora de Samambaia, ela encontrou fechada a porta da Agência do Trabalhador localizada na QN 303, com uma montanha de areia na frente. A intenção, revela, era buscar informações a respeito de uma nova carteira de trabalho.
ara ela, o portão fechado, agora, é vantagem. E não foi problema deslocar-se até a Administração Regional de Samambaia, onde o serviço é mantido provisoriamente. “É ótimo que o espaço receba reforma porque precisava mesmo. É bem melhor que tenha um lugar adequado para receber a população”, opina.
A gerente da Agência do Trabalhador de Samambaia, Tatyane Nunes, conta que a unidade faz mais de cem atendimentos diários, com maior movimento na parte da manhã e inclusive com demanda do Entorno. “Para um bom serviço a gente precisa de boa estrutura. É claro que ninguém deixa de ser recebido por problemas no prédio, mas ter um lugar acolhedor e bem equipado é importante”, afirma.
Em Ceilândia, os serviços são mantidos na Praça do Cidadão, onde fica a unidade. Quem procura a Agência do Trabalhador da cidade é atendido em uma sala ao lado, no Bloco B da EQNM 18/20. “É ótimo que o espaço seja reformado. É melhorar a infraestrutura para melhorar o atendimento”, acredita Jackeline Naves, desempregada de 42 anos.
Unidade em reforma: QN 303 – Samambaia Sul
Atendimento provisório na Administração Regional de Samambaia (Centro Urbano – Samambaia Sul)
Horário de atendimento: das 8h às 17h

Share on Google Plus

About CRIATIVO PUBLICIDADE

0 comentários:

Postar um comentário