Novos estudantes já podem verificar onde irão estudar em 2020




Novos estudantes, agora é o momento de vocês saberem a escola onde vão estudar em 2020. O resultado é para todos os novos alunos que se inscreveram para vagas na educação infantil, no ensino fundamental e médio e na educação de jovens e adultos. Os estudantes da rede que solicitaram remanejamento devem verificar o resultado na escola em que o pedido foi realizado.
Nessa etapa, o resultado é disponibilizado apenas on-line, no site da Secretaria de Educação. Só será necessário ir à escola entre os dias 7 e 14 de janeiro para efetivar a matrículas
Apuradas as inscrições para matrículas, a Secretaria de Educação recebeu 37.500 inscrições de novos estudantes para educação infantil, ensino fundamental e médio e mais 1.500 para a educação de jovens e adultos.


Validação de dados

Para cerca de 1.000 novos estudantes, será necessário ir às coordenações regionais de ensino para validação de dados. Nesses casos, as informações precisam ser validadas por algum erro no momento da inscrição. A mensagem que aparecerá para esses alunos será “Procure a regional de ensino”.
Dessa forma, entre os dias 9 e 14 de janeiro, esses alunos terão de ir à regional para a qual se inscreveram para entregar os documentos validados e verificar em que escola vão estudar. Todos terão vaga garantida. Para esses estudantes, a efetivação da matrícula será feita posteriormente.

Efetivação da matrícula

A próxima etapa, após a divulgação do resultado, será efetivar a matrícula na escola em que o estudante foi contemplado. A efetivação será entre os dias 7 e 14 de janeiro de 2020. É necessário levar a certidão de nascimento (original e cópia); duas fotos 3X4; comprovante de residência e comprovante de tipagem sanguínea e fator RH. Para matrícula na educação infantil, é preciso levar também o RG e o CPF do pai ou responsável e a cópia do Cartão de Vacina atualizado do estudante.
A Secretaria reforça que é somente a partir da efetivação que a vaga é garantida. Caso não seja realizada, o estudante perderá a vaga e poderá estudar em uma escola mais longe do CEP informado, pois terá de recorrer às vagas remanescentes, aquelas que sobram após a efetivação da matrícula.
As aulas na rede pública de ensino vão começar no dia 10 de fevereiro de 2020.

Vagas Remanescentes


As vagas remanescentes são abertas somente após a efetivação das matrículas dos estudantes já inscritos. Nessa etapa, cuja data ainda será divulgada, apenas as vagas não preenchidas são disponibilizadas. Elas são destinadas a alunos que não se inscreveram no período correto e agora têm uma segunda chance de ingressar na rede.
Por isso, caso o estudante tenha realizado a inscrição, o melhor é efetivar a matrícula entre os dias 7 a 14 de janeiro, para não perder a vaga. Se não efetivar e optar pelas vagas remanescentes, poderá estudar mais distante do endereço informado.
Além disso, não adianta fazer filas em frente às escolas da rede. Isso não garante vaga nem mesmo o turno em que o aluno vai estudar. Tudo é feito por meio da estratégia de matrícula, processo que considera a rede como um todo, alocando todos os estudantes da melhor forma possível.

Share on Google Plus

About CRIATIVO PUBLICIDADE

0 comentários:

Postar um comentário