Mãe biológica se apresenta à polícia e leva menina Taysa




A mãe biológica de Taysa Ayanne da Silva Santana, 8 anos, entregou a menina para família adotiva no Gama

Rafaela Victor Santana Gomes, mãe biológica da criança(foto: Ana Rayssa/CB/D.A Press)
“Mãe não sequestra filho”, diz Rafaela Victor Santana Gomes, 31 anos, mãe biológica de Taysa Ayanne da Silva, 8 anos, em entrevista exclusiva ao Correio. De acordo com ela, a família adotiva da garota teria raptado a jovem e a impedido de ter contato com ela. O caso é tratado pela polícia civil como subtração de incapaz.

A garota foi dada como desaparecida na segunda-feira (28/10), quando ia para a escola com a irmã adotiva. De acordo com a denúncia, quatro pessoas em um veículo pararam ao lado da garota e a arrastaram para dentro do carro. Um dos integrantes do veículo seria Rafaela. Nesta quarta-feira, a menina foi entregue à família adotiva.
Segundo investigação da 14ª Delegacia de Polícia (Gama), Taysa seria criada por uma família adotiva. Entretanto, a versão é contestada pela mãe biológica. "Estava desempregada e eles me ajudavam a criá-la. Porém, eles sumiram do nada", diz Rafaela, que fez um acordo com polícia e entregou a criança nesta quinta-feira (31/10)
A mulher afirmou que procurou a filha durante cinco anos. "Registrei um boletim de ocorrência em 2015, procurei o Conselho Tutelar, fui a escolas e fiz buscas nas redes sociais, mas nunca a encontrei", afirma.

Questionada sobre a forma como pegou a criança, Rafaela diz que não houve nem subtração de menor nem sequestro. "A atitude foi de mãe. Apenas resgatei o que é meu", defende-se.
Entrega
Nesta quinta-feira (31/10), Raaela chegou à 14ªDP por volta das 12h40 acompanhada de Taysa. A família adotiva da criança foi ao local para receber a criança.
Por Correio Brasiliense
Share on Google Plus

About CRIATIVO PUBLICIDADE

0 comentários:

Postar um comentário