Si Bobiá a Gente Pimba de Samambaia é a campeã do Concurso Nacional de Quadrilhas 2019



As quadrilhas juninas/julinas estão cada vez mais inovando em apresentações que transitam muito entre a dança, o folclore e o teatro. Elas representam suas cidades e fazem as comunidades sentirem orgulho e admiração pelo produto artístico final. Conhecida pela população de Samambaia e do DF, a Pimba consolida-se como uma das mais audaciosas representantes do segmento.


Para a apresentação de 2019, o tema escolhido pela Pimba foi o Jumento. isso mesmo! A figura do animal que, em tempos de tecnologia, é abandonado até nas zonas mais rurais. O Jumento, que carregava o fardo de sertanejos dos interiores do Brasil serviu de metáfora para “o fardo nosso de cada dia”. O fardo do cidadão brasileiro, do artista, da cultura popular que luta pra se manter viva em tempos em que a arte é atacada fortemente pelos no país.



Como diria Fagner em sua canção emblemática “Vamos pra frente, que pra trás não dá mais. Pra ser feliz num lugar, pra sorrir e cantar tanta coisa a gente inventa… mas no dia em que a poesia se arrebentar é que as pedras vão cantar”.
E as pedras cantaram! Cantaram, saíram do lugar e fizeram show e poesia no Arraiá do 60, evento que recebeu o XV Consurso Nacional de Quadrilhas Juninas. A Pimba é campeã e esse título é de todos… É de Maria Clara, Fernando, Ritichely, Marcus, Lethícia, Teka, Marcinho, Lehandro, Glauber, Wemerson, Allan e tantos outros corajosos dançarinos, quadrilheiros, professores, empresários, coreógrafos, costureiros que dão sua contribuição diária para manter viva uma tradição que não perde força com o passar dos anos e que une-se às mais diversas mentes criativas para aguentar o fardo nosso de cada dia!

Share on Google Plus

About CRIATIVO PUBLICIDADE

0 comentários:

Postar um comentário