Policiais usam gás de pimenta e prendem estudante após confusão em escola de Samambaia



Um estudante de 18 anos foi preso no Centro de Ensino Fundamental 427, em Samambaia, no Distrito Federal, depois da Polícia Militar ser chamada para conter uma confusão no local. O jovem teria se desentendido com um funcionário durante uma gincana promovida pelo colégio na noite de quinta-feira (9).



A confusão começou na quadra de esporte da instituição. Em um vídeo gravado por alunos, é possível ver policiais cercando os estudantes.
Outras imagens feitas pelos jovens mostram também que a PM usou spray de pimenta (veja acima) para dispersar o grupo. Segundo a corporação, um rapaz acabou agredindo um militar com um soco no rosto.

Em nota, a corporação informou que, por causa da agressão, foi necessário o uso do spray. Um professor de filosofia do CEF 427, que preferiu não se identificar, contou ao G1 que uma estudante desmaiou ao inalar o gás de pimenta e que ela não teria sido socorrida pelos militares.

Momentos depois, conforme relatos dos alunos, o jovem que participou da suposta agressão foi levado por PMs e seguranças da escola para uma sala de aula. No momento da condução do rapaz, uma lixeira foi arremessada contra os policiais.
Os estudantes dizem que, no local, ele foi agredido com tapas e cassetetes. Até a publicação desta reportagem, a corporação ainda não havia se manifestado sobre essa denúncia.



As aulas na escola foram suspensas nesta sexta-feira (10). A reportagem tenta contato com a Secretaria de Educação e com o estudante detido.

Liberado após pagar fiança
De acordo com a polícia, o jovem foi levado para 26ª Delegacia de Polícia, em Samambaia Norte. Ele pagou fiança de R$ 350 e foi liberado. Apesar disso, o rapaz vai responder pelos crimes de lesão corporal e desobediência.

Momentos depois da confusão, a PM foi acionada novamente. Desta vez, para a porta da escola. Por causa da prisão do estudante, alguns alunos bloquearam a via com paus e pedras.

O Corpo de Bombeiros também foi chamado e atuou no local. Os militares conseguiram liberar a via
Share on Google Plus

About CRIATIVO PUBLICIDADE

0 comentários:

Postar um comentário