Hospital Regional de Samambaia continua atendendo casos mais graves e população sofre em filas



A Secretaria de Saúde do Distrito Federal informou que o atendimento nas UPAs do Recanto das Emas e de Samambaia, na Pediatria do Hospital Regional de Taguatinga (HRT) e na Emergência do Hospital Regional de Samambaia (HRSam) está restrito casos mais graves, ou seja, a pacientes que recebam a classificação.


Não há previsão para retomada dos serviços que não sejam de emergência nas unidades. Segundo a Secretaria, a medida foi adotada porque a demanda ficou acima da média, graças às doenças respiratórias desta época do ano.

A Nossa equipe de reportagem visitou o hospital de Samambaia e constatou inúmeras filas e pacientes a espera de atendimento, após pacientes enviarem fotos e vídeos do mal atendimento.

Hamilton José deu entrada as 11 horas da manhã nesse domingo(19/05), e estava lá até as 20 horas e não foi atendido e revelou que estava sentindo fortes dores no estomago, e ficou com  raiva do descaso.

Share on Google Plus

About CRIATIVO PUBLICIDADE

0 comentários:

Postar um comentário