Ex-marido joga ácido, tenta atirar em mulher e depois se suicida




O vigilante Júlio César Villanova, de 55 anos, jogou ácido e tentou atirar na ex-mulher, na noite desta quinta-feira (25), em Sobradinho, no Distrito Federal. Segundo a Polícia Civil, o disparo só não atingiu a vítima porque a arma falhou. O suspeito se matou em seguida.


Mesmo ferida, a mulher conseguiu sair de casa e pedir ajuda aos vizinhos. Ela foi socorrida e levada para o Hospital Regional da Asa Norte (Hran) em estado grave.




De acordo com o delegado Wander Machado Júnior, que investiga o caso, o vigilante planejou a morte de Cássia Regina da Silva. O casal teve um relacionamento por 15 anos e, atualmente, os dois estavam separados.



O caso foi registrado na 13ª DP, em Sobradinho, como tentativa de feminicídio.

A Polícia Civil também vai investigar as circunstâncias do suicídio. Exames foram feitos na vítima para apurar o tipo de ácido que foi usado. A arma usada no crime foi apreendida e encaminhada para análise.

Share on Google Plus

About CRIATIVO PUBLICIDADE

0 comentários:

Postar um comentário