Começa a segunda etapa da vacinação contra influenza


Começou nesta segunda-feira (22) a segunda etapa da Campanha Nacional de Vacinação contra Influenza. A partir de agora, as doses serão disponibilizadas nas unidades básicas de saúde ao restante do público-alvo até 31 de maio.

Além das crianças e gestantes, devem se imunizadas as mulheres com até 45 dias após o parto (puérperas), pessoas com 60 anos ou mais de idade, trabalhadores da saúde, professores das escolas públicas e privadas, povos indígenas, pessoas com doenças crônicas não transmissíveis e outras em condições clínicas especiais, bem como os adolescentes e jovens com idade entre 12 e 21 anos em medida socioeducativa, a população privada de liberdade e os servidores do sistema prisional.

“O Ministério da Saúde recomendou, ainda, na última semana, a inclusão de policiais civis, militares e bombeiros da ativa. Com esse público, esperamos aumentar a cobertura em 30 mil doses. Temos vacinas para todos”, assegurou a subsecretária de Vigilância à Saúde, Elaine Morelo.

Prevenção
Pertencente ao público-alvo, a professora Cristina Pinheiro, 48 anos, marcou presença durante a vacinação na Unidade Básica de Saúde (UBS) 2, da Asa Norte. “Como trabalho com crianças, e ainda sou asmática, já venho logo para evitar a gripe. Desde que a campanha existe eu tomo a vacina”, conta.
Outro que se dispôs a ir à UBS se vacinar foi o aposentado Djalma Costa, 77 anos. “É muito importante estar aqui para se proteger contra a gripe. Em toda campanha eu estou presente, e o atendimento tem sido rápido”, elogiou.

A imunização é uma das medidas mais efetivas para a prevenção da gripe grave e suas complicações. As vacinas utilizadas pelo Programa Nacional de Imunização (PNI), durante as campanhas, são constituídas por vírus inativados, fracionados e purificados. Portanto, são totalmente seguras e não causam a doença.
Salas de vacina
Estão disponíveis 132 salas de vacina no DF, que funcionam de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h às 17h. O horário da aplicação é variável, de acordo com o porte de cada unidade. Pessoas acamadas/institucionalizadas, com mais de 60 anos de idade, podem agendar o recebimento da vacina em domicílio pelo telefone 160 (Disque-Saúde).

Já o Dia D de Mobilização Nacional está marcado para 4 de maio. Nesta data, deverão funcionar 111 salas de vacinação no Distrito Federal, das 8h às 17h, ininterruptamente.
Estoque
O Distrito Federal já recebeu, até o momento, 458.550 doses de vacinas. O quantitativo restante será enviado pelo Ministério da Saúde ao longo da campanha, como ocorre todos os anos. A estimativa é de que sejam entregues 841 mil doses no total. As vacinas são produzidas pelo Instituto Butantã.

* Com informações da Secretaria de Saúde
Share on Google Plus

About CRIATIVO PUBLICIDADE

0 comentários:

Postar um comentário