Complexo Cultural Samambaia é aberto à comunidade


Complexo Cultural Samambaia foi aberto à comunidade neste sábado (15). O espaço, construído em uma área de 4 mil metros quadrados, fica na Quadra 301 e tem cine/teatro, biblioteca de artes, salas de oficinas e galpão multiúso.

Desde as 10 horas,diversas atrações culturais gratuitas ocorrem no local, como apresentações teatrais, oficinas, feira de artesanato e roda de prosa.
No domingo (16), as atividades terão início às 10 horas, com grupos de teatro, e seguirão até a noite, com shows, encontro literário e oficina de bonecos.

Para o governador Rodrigo Rollemberg, que visitou o complexo na noite deste sábado, a obra coroa um ciclo de quatro anos de apoio da sua gestão à cultura do DF.
“Estamos concretizando um sonho antigo da comunidade de Samambaia. Esse espaço será palco de teatro, música, dança, poesia e manifestações culturais”, observou.
Entre outros investimentos para fortalecer o setor, o governador citou a inauguração do Complexo Cultural de Planaltina, a reabertura do Espaço Cultural Renato Russo e o Centro de Dança.
Destacou também o avanço no Fundo de Apoio à Cultura (FAC) regionalizado, que facilitará as políticas públicas dentro das regiões administrativas do Distrito Federal.
As atividades de inauguração vão até segunda-feira (17), quando haverá a exibição do filme As Bicicletas de Belleville, pelo projeto Cinema Cultura Educa. O evento é exclusivo para alunos do ensino noturno da educação de jovens e adultos (EJA) das escolas de Samambaia.
O Complexo Cultural Samambaia faz parte do programa Lugar de Cultura, que visa recuperar e fortalecer os equipamentos culturais públicos no Distrito Federal.
investimento foi de R$ 4,8 milhões, com recursos do Fundo de Desenvolvimento Urbano do DF.

Sociedade participa da gestão do espaço

A gestão do espaço será feita com a participação de uma organização da sociedade civil escolhida por meio de edital de chamamento público.
O orçamento disponível é de R$ 550 mil para, em parceria com o governo, planejar e coordenar a programação do local durante um ano.
O secretário de Cultura, Guilherme Reis, destacou a luta do conselho de Cultura de Samambaia para viabilizar um espaço destinado ao setor.
Ele lembrou que, em 2015, foi chamado para discutir meios de concluir um projeto parado havia 10 anos. “Com o apoio do governador e a parceria com a Novacap, conseguimos levantar esse espaço, que representa uma conquista da comunidade.”
Share on Google Plus

About Criativo Publicidade

0 comentários:

Postar um comentário