Polícia Civil do DF queima cerca de 900 quilos de drogas


Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) incinerou 887,89 quilos de drogas na manhã desta quarta-feira (21).
A corporação — que aguardava decisão judicial para queimar entorpecentes apreendidos nos últimos dois anos — utilizou o forno de uma empresa que faz serviço de incineração de lixo especial, no Setor Industrial de Ceilândia.
Esse é o segundo procedimento feito neste ano. Em junho, 1,2 tonelada de drogas foi destruída.
De acordo com o delegado da Coordenação de Repressão às Drogas da PCDF, Luiz Henrique Dourado, aproximadamente 4 toneladas de entorpecentes foram apreendidas no Distrito Federal apenas em 2018.
“Entre as apreensões, há desde um cigarro de maconha até um carregamento que pertencia a traficantes que tentavam entrar no DF”, exemplifica.
De acordo com Dourado, os produtos saem principalmente das fronteiras do País, como Bolívia e Paraguai. “Algumas drogas sintéticas vêm da Europa. A maior parte das apreensões é de maconha prensada, seguida de cocaína, crack e drogas sintéticas.”
A ação, liderada pela Coordenação de Repressão às Drogas, contou com a participação de 40 policiais, além de agentes de trânsito que apoiaram a escolta do material.
Share on Google Plus

About Criativo Publicidade

0 comentários:

Postar um comentário