Jorge Vianna revela " Gestão tem, falta vontade de fazer."


O candidato a deputado distrital Jorge Vianna, cujo o número e 19200 concedeu entrevista exclusiva a TV Estação 26, falou sobre vários assuntos como saúde publica dentre outros e apresentou também algumas propostas.

Durante a entrevista Jorge Vianna dispara que a saúde do Distrito Federal está ruim, mas que pode ser melhorado e o que falta e gestão e vontade de fazer, ele se indigna ao ver como a população do DF sofre por causa do mal atendimento da rede pública de saúde..

Ele revela que um único aparelho de ressonância magnética do DF está quebrado há cinco anos no Hospital de base, Jorge Vianna continua, falta vontade de ir lá e resolver o problema, ele ainda revela que existe o interesse do aparelho não funcionar, eles são maldosos para lado da população do DF e as clinicas privadas ganham com o sofrimento e dor.

Segundo Jorge Vianna relata que a ineficiência dos serviços públicos enriqueci os serviços privados, coisa está que não pode acontecer, "A saúde pública do Distrito Federal, só vai pra frente se tiver pessoas legislando, cobrando para uma melhor qualidade no serviço público é isso que vou fazer" enfatiza Jorge Vianna.

Confira a biografia de Jorge Vianna:

Nascido em Bacabal – MA, Jorge Vianna mudou-se com os seus Pais Antonio e Deusimar para Brasília quando tinha 2 anos de idade. Morou em Taguatinga e Ceilândia. Aos 14 anos fixou residência em Samambaia, em 1989, ano de fundação da cidade. Aos 19 anos casou-se com Rosa Vianna, com quem teve duas filhas, Camila 21 anos, e Beatriz 13 anos.
O histórico de lutas de Jorge Viana tem início muito cedo. Aos 14 anos começou a trabalhar como borracheiro, aos 18 anos serviu a aeronáutica onde ficou por um período de 6 anos, no qual aprendeu o oficio de técnico em gesso, garçom e motorista. Trabalhou no HFA e no HFAB. Fez o curso de Técnico em Enfermagem, graduou-se no Curso de Letras Português/Inglês. Trabalhou como auxiliar de farmácia na UTI Neo Braz e, exerceu a função de técnico em enfermagem em Samambaia.
Foi aprovado em concurso público da Secretaria de Estado de Saúde para o cargo de técnico em enfermagem. Foi professor no Instituto Evolução no curso de radiologia, ainda no Instituto Evolução, sugeriu que fosse implantado o curso de técnico de aplicação de aparelho gessado e sintético, o qual teve participação como nesse curso. Por ser educador, sugeriu e implementou o curso de técnico em enfermagem na mesma instituição.
Após ter ingressado na Secretaria de Estado de Saúde exercendo o cargo de técnico em enfermagem, Jorge Vianna percebeu que a categoria da qual fazia parte era desrespeitada, desvalorizada, sem representatividade e sem visibilidade. Diante disso, resolveu lutar e combater as injustiças a qual a classe estava exposta, principalmente por não terem condições de prestar assistência adequada à população, a qual fez o juramento de cuidar da melhor forma.
Ao encontrar outro defensor da categoria, João Cardoso, decidiu unir-se a ele para fortalecer a entidade sindical e representar a categoria de forma legítima e combativa e, desde então, tem sido incansável, lutando e defendendo a categoria, seja ela da iniciativa pública ou privada e, acima de tudo, se colocando a favor da população em busca de uma saúde de qualidade.
À frente do Sindate, Jorge Vianna denunciou diversas irregularidades à imprensa e aos órgãos competentes quanto aos erros e inconstâncias encontradas dentro dos hospitais públicos, que prejudicavam à população.
Mais tarde, Jorge Vianna formou-se como enfermeiro e, passou a lutar também pela enfermagem a nível nacional, por meio da Federação Brasileira dos Profissionais de Enfermagem (FEBRAPEN), a qual ele é presidente.
Por meio de palestras voltadas aos estudantes de enfermagem, nível técnico e superior, Jorge Vianna contribui para que os futuros profissionais de enfermagem conheçam o mercado de trabalho do qual irão fazer parte e os possíveis problemas que enfrentarão.
Além disso, ministra palestras de Primeiros Socorros em Acidentes Domésticos em escolas públicas voltadas aos alunos, professores e comunidade, com o objetivo de orientar o cidadão a dar assistência básica pré-hospitalar em caso de acidentes “domésticos”.
Como técnico em enfermagem na SES trabalhou nos Hospitais do Paranoá e Samambaia, e ainda no Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – SAMU, onde se formou como instrutor.
Atualmente está licenciado de todas suas atividades e é candidato a deputado distrital pelo Partido PODEMOS.número 19200










Share on Google Plus

About Criativo Publicidade

0 comentários:

Postar um comentário