Ex-jogador do São Paulo tenta invadir apartamento e é preso em Samambaia


O lateral-direito Régis – que defendia o São Paulo até o início deste mês – foi detido após tentar invadir o apartamento de vizinhos, na manhã de segunda-feira (15/10). Segundo a Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF), Régis Ribeiro de Souza estava 'visivelmente transtornado e bastante nervoso, tentando invadir o apartamento à procura de uma vizinha". A mulher não estava no local.
 
Os investigadores da 26ª Delegacia de Polícia (Samambaia Sul) estão a frente do caso, que foi registrado como perturbação da tranquilidade, ameaça e violação de domicílio. Detido em flagrante, o jogador assinou um termo circunstanciado e foi liberado em seguida, sob a condição de se apresentar à Justiça para uma futura audiência. 

Desligamento 

Depois de uma semana afastado, Régis foi demitido pelo São Paulo no último dia 3 de outubro. A diretoria do tricolor alegou "problemas pessoais", mas não descartava a recontratação do lateral-direito, caso as questões pessoais sejam resolvidas.

Régis foi contratado em abril, após defender o São Bento em três edições do Paulistão. O lateral de 29 anos atuou em 15 partidas com a camisa do tricolor nesta temporada.

Paulo Roberto, ex-técnico de Régis no São Bento, lamentou o ocorrido com o jogador. "Conheço bem o atleta, que nos ajudou muito em três temporadas que atuamos juntos. Iniciamos o trabalho em 2016 e, dentro de campo, sempre foi exemplar. Infelizmente, não tive mais contato com ele desde que foi para o São Paulo", disse.

Questionado sobre o que teria levado Régis ao surto, o ex-treinador do atleta desconversou. "São problemas particulares, a gente não se aprofunda nisso. A única coisa que posso dizer é que era um atleta muito dedicado e nunca me deu nenhum tipo de trabalho. Não sei dizer com precisão o que pode ter ocorrido", finalizou Paulo Roberto.
Share on Google Plus

About Criativo Publicidade

0 comentários:

Postar um comentário