Rollemberg anda de carroça para conquistar eleitor do Sol Nascente em Ceilândia


“Eita inferno pra ter cão! ”, gritou um morador ao ver passar o governador do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg (PSB), montado em uma carroça, desfilando pela ruas empoeiradas do Sol Nascente.
Antes, o pior governador da história de Brasília entrou nas casas dos humildes, beijou criancinhas fazendo “bilu,bilu”, tomou café na caneca, pulou em uma perna só e encheu a pança com buchada na feira.
Na eleição de 2014, o socialista escolheu o Sol Nascente uma comunidade onde a ausência do Estado é gritante, para lançar a sua candidatura ao governo do DF, prometendo o céu para a população, caso se elegesse.
Quatro anos depois, o governador Rollemberg volta ao mesmo local, onde não conseguiu fazer um terço do que havia prometido, mesmo encontrando projetos e recursos disponíveis na ordem de R$ de R$ 220 milhões, provenientes da Caixa Econômica Federal.
A grana para as obras do Sol Nascente foi deixada pela gestão anterior, que beneficiariam aproximadamente 100 mil habitantes.
As obras de infraestrutura no local tiveram início em fevereiro de 2015 e envolviam entre outras benfeitorias, como pavimentação e rede de drenagem.
Em junho desse ano uma pequena parte das obras foram inauguradas pela metade como aconteceu no trecho 1, o que deixou contrariado a maioria dos moradores.
Famílias ficaram desassistidas, sem qualquer condição de moradia. É visível a maquiagem eleitoreira para enganar os trouxas.
Neste final de semana, Rodrigo Rollemberg repetiu o mesmo discurso: Jurou de pés juntos que se o povo votar nele e se for reeleito, promete cumprir a promessa que deixou de cumprir.
“Vou concluir as obras de urbanização, como drenagem pluvial, pavimentação asfáltica, execução de calçadas e implementação de meios-fios”, afirmou.
Garantiu também que o povo do Sol Nascente será servido pelo “BRT Oeste” que, segundo ele, vai ligar o Sol Nascente ao Plano Piloto, resolvendo os problemas de mobilidade dos moradores da região.
O candidato chegou até rabiscar no chão como vai ser o percurso do BRT: “Ele virá pela Hélio Prates, Pistão Norte e fará a Estrada Parque Indústrias Gráficas”, contou, adiantando que já tem a verba necessária para cumprir a promessa. “Kkkkkk”, sorriu um morador.
Share on Google Plus

About Criativo Publicidade

0 comentários:

Postar um comentário