Preso suspeito de atirar em rosto de mulher grávida no DF




Quatro dias após o crime que chocou a população do Distrito Federal, a polícia prendeu Hugo Ferreira dos Santos, de 24 anos, suspeito de atirar contra a companheira que estava grávida. O caso aconteceu no último dia 12, em Sobradinho II. Até esta segunda-feira (20), o acusado continua preso na carceragem da Divisão de Controle e Custódia de Presos.
A vítima, que estava na 39ª semana de gravidez foi resgatada e encaminhada ao Hospital de Base. No útimo dia 13, ainda com o projétil alojado na cabeça, ela foi transferida ao Hospital Regional de Sobradinho (HRS), onde o bebê nasceu. Segundo a unidade de saúde, a menina nasceu de cesárea e passa bem.
O suspeito já cumpria pena por tentativa de homicídio em regime aberto e tinha passagens por receptação e lesão corporal.

Relembre o caso

A tentativa de feminicídio ocorreu por volta das 10h30 no Setor de Mansões de Sobradinho II. Segundo a Polícia Civil, o autor é H.F.S., 24 anos. O crime foi cometido na casa onde ambos moram. Após o disparo, o jovem fugiu.
A vítima foi levada ao Hospital de Base e, em seguida, encaminhada para a maternidade do Hospital de Sobradinho, onde ocorreu o parto. O caso foi registrado na 13ª DP, mas quem cuidará das apurações será a 35ª DP. Os responsáveis pela investigação preferiram não divulgar mais informações para não atrapalhar o andamento.
Apenas no primeiro semestre de 2018, foram registrados 7.169 casos que se enquadram na Lei Maria da Penha. No mesmo período do ano passado, foram 7.029. Um aumento de 2%. Vítimas ou testemunhas podem denunciar os agressores pelo 180.
Share on Google Plus

About Criativo Publicidade

0 comentários:

Postar um comentário