Professor da rede pública do DF é achado morto em fazenda no Entorno


A Polícia Civil goiana (PCGO) investiga a morte do professor de Educação Física da rede pública do Distrito Federal Rubens Guedes Memória. Ele foi encontrado morto em sua fazenda, no município de Cristalina (GO), por volta das 19h de segunda-feira (16/7).
A principal linha de investigação adotada pelas autoridades goianas é a hipótese de latrocínio (roubo seguido de morte), pois o carro do educador, um Fiat Strada vermelho, não foi mais visto desde a descoberta do crime. A data exata da morte ainda não foi confirmada.
De acordo com a PCGO, quando o corpo foi localizado, constatou-se que uma das orelhas de Rubens havia sido cortada e uma perna estava quebrada. Uma pedra e um machado estavam ao lado do cadáver. Há suspeita de que ele tenha sido torturado antes de morrer.
O Sindicato dos Professores do Distrito Federal (Sinpro-DF) divulgou nesta terça-feira (17) uma nota de pesar pelo falecimento de Rubens. Segundo a entidade, o professor atuou em diversas frentes no Centro de Iniciação Desportiva (CID) de Basquete, em regionais de ensino do DF e na Coordenação de Educação Física. Rubens também fez parte da diretoria do sindicato entre 2001 e 2004.
Share on Google Plus

About CRIATIVO PUBLICIDADE

0 comentários:

Postar um comentário