DF ganhará vias com velocidade máxima de 30km/h, informa decreto


O Distrito Federal terá regiões em que a velocidade máxima permitida nas vias será de 30km/h. É a chamada chamada Zona 30, que acaba de ser criada pelo governo.

No Decreto Nº 39.230, publicado nesta terça-feira (11/7) no Diário Oficial do DF, é informado que a medida busca estimular o uso dos espaços públicos e dos meios de transportes não motorizados de forma segura, inclusiva e sustentável. O documento não informa, no entanto, em que áreas será implementada a Zona 30.

O texto acrescenta que as vias deverão ser sinalizadas e a adoção da nova velocidade máxima será antecedida de uma ampla campanha educativa para conscientizar a população em geral sobre a importância do respeito às normas de segurança viárias e à humanização da ocupação dos espaços públicos. 

Redução

A política de redução de velocidade das vias no DF teve início em novembro do ano passado, quando a máxima permitida na principal de pista do Lago Norte caiu de 70km/h para 60km/h. Depois dela, também houve mudanças no Noroeste e em Ceilândia.

 
Veja vias que sofreram redução de velocidade máxima recentemente:  


Setor Terminal Norte
Em 8 de janeiro, o Detran reduziu a velocidade da via do Setor Terminal Norte (STN), de 70km/h para 60km/h. Em 2017, segundo o órgão, ocorreram quatro acidentes nesta via, nenhum fatal.

Ceilândia
Começou em 21 de fevereiro a substituição das placas de velocidade nas vias N2 e N3, em Ceilândia, que ligam a Via Elmo Serejo à BR 070. A redução é de 60km/h para 50km/h.

Noroeste
Em dezembro de 2017, na via que liga a Epia à W3 Norte, na área da 2ª Delegacia de Polícia, houve redução de 70km/h para 60km/h. No local, equipamentos foram instalados para multar os motoristas que ultrapassarem a velocidade estabelecida. 

Lago Norte
A velocidade máxima na Estrada Parque Península Norte, a principal via do Lago Norte, foi reduzida de 70Km/h para 60km/h. A mudança passou a valer em 28 de novembro passado.
Share on Google Plus

About Criativo Publicidade

0 comentários:

Postar um comentário