Traficantes do DF torturavam, jogavam em cisterna e matavam devedores

A 16ª Delegacia de Polícia abriu, em Planaltina e Ceilândia, a Operação Cruciatus, com o objetivo de reprimir uma organização criminosa de traficantes. Segundo as investigações, o bando mantinha em cárcere privado, torturava e matava os devedores de drogas.
No mês passado, três membros do grupo abordaram três homens que foram levados à residência de um dos envolvidos. Uma das vítimas foi mantida em cárcere privado enquanto a outra foi torturada, jogada em uma cisterna e morta por asfixia.
De acordo com a DP, a sessão de tortura foi motivada por uma dívida de drogas e de uma bicicleta. Na operação Operação Cruciatus, dois homens foram presos em cumprimento a mandados de prisão.
*Aguarde mais informações
Share on Google Plus

About Criativo Publicidade

0 comentários:

Postar um comentário