Saiba onde encontrar combustível nesta sexta-feira no DF


Mais de 20 postos do Distrito Federal e Entorno receberam combustíveis de caminhões-tanque escoltados pela Polícia Militar do DF, na manhã desta sexta-feira (1º). Na quinta, Brasília foi abastecida com 3,9 milhões de litros de gasolina, 193 mil litros de etanol e 754 mil litros de diesel, segundo o Gabinete Integrado de Acompanhamento da crise.
Segundo a PMDF, o ambiente é de “retomada da rotina” em Brasília. Isso porque, desde a noite de quarta até a tarde desta quinta, chegaram ao DF 2 milhões de litros de álcool anidro que, misturados à gasolina armazenada nas distribuidoras, produzirão 10 milhões de litros do combustível. A Secretaria de Segurança Pública garante que a quantidade é suficiente para atender à população no fim de semana.
Abaixo, a lista do relatório da PMDF, com os postos que receberam combustível
Em relação aos bloqueios que impediam o acesso de caminhões, Exército, Força Nacional e Polícia Rodoviária Federal (PRF) garantiram que, desde a manhã desta quinta, houve “normalização das estradas” e não receberam mais pedidos de escoltas.
O Governo do Distrito Federal (GDF) pisou no freio na cobrança de tributos para desacelerar os preços dos combustíveis. Sem alterar a alíquota do Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), o governador Rodrigo Rollemberg (PSB) reduziu a base de cálculo da cobrança de R$ 4,59 para R$ 4,29, a mesma referência de abril. A promessa é manter a nova a linha de corte até 30 de junho. Ou seja a revendedora só paga para Estado até R$ 4,29, a partir daí é “lucro” do empresário.
Na tarde desta quinta-feira (31), o menor preço do litro da gasolina identificado pelo Jornal de Brasília foi de R$ 4,69. A média, porém, bateu na cifra de R$ 4,89. Em todos os postos, com combustível disponível ou não, há filas enfrentadas por motoristas da capital. Segundo a Secretaria de Fazenda, a base de cálculo do ICMS dos combustíveis é recalculada a cada 15 dias a partir do preço médio de 110 postos. A partir deste valor é aplicada a alíquota do ICMS para o cálculo do tributo. No DF, gasolina e etanol são taxados com 28% e o diesel 15%.
FONTE : JORNAL DE BRASÍLIA
Share on Google Plus

About Criativo Publicidade

0 comentários:

Postar um comentário