Capoterapia para todas idades em Samambaia


A capoterapia é um projeto para a terceira idade que reúne há mais de dez anos aproximadamente 20 mil praticantes em Taguatinga. O objetivo é dar melhor qualidade de vida para os idosos. Com movimentos adaptados da capoeira tradicional, os idosos cantam, dançam e, principalmente, se exercitam.
Será implantado a capoterapia, onde ira auxiliar e aumentar a qualidade de vida dos moradores da cidade, a ação esta acontecendo nesta terça (29/11) no Centro de Saúde numero 4 em Samambaia, na quadra 512, com ajuda do Mestre Gilvan idealizador da Capoterapia no Distrito Federal
Capoterapia - 
Parceria entre Administração de Samambaia, centro de saúde N4 implantam a capoterapia na cidade todas as quartas feiras 08h com Mestre Gilvan para todos da melhor idade 



Praticantes jovens, adultos, idosos e pessoas com necessidades especiais podem praticá-la. 



As sessões de Capoterapia são acompanhadas de músicas, palmas e movimentos ritmados, onde os praticantes, coordenados pelo instrutor criam um ambiente descontraído e motivador do movimento numa atmosfera lúdica. 

Os exercícios dos grandes grupos musculares colocados no início da sessão de treinamento reduzem a fadiga e permitem agir com maior intensidade e repetição nos mesmos.



O profissional lembra, também, que não somente os idosos podem praticar, mas todas as pessoas interessadas. A terapia foi elaborada para todos os seguimentos da sociedade. Há exercícios funcionais específicos para a terceira idade, mas também a capoterapia mix, voltada para jovens, que lembra mais o trabalho aeróbico.
As crianças, por sua vez, podem se beneficiar de uma capoeira mais lúdica, imitando animais e aprendendo novas tarefas, além de respeito aos pais, ao trânsito e ao meio ambiente. Cadeirantes e pessoas com deficiência mental também têm suas características respeitadas.
“É um leque extenso que pode ser aberto com a capoterapia. As pessoas podem praticar indo até uma das turmas presentes, seja numa escola, centro de saúde, grupo da terceira idade, enfim, as portas são sempre abertas”, adiciona Daniel.
Que tal sugerir o esporte para seus familiares? Uma vida ativa reflete diretamente no bem-estar dos idosos. Mais disposição, melhora do humor e até mesmo um organismo mais forte são alguns dos resultados de quem pratica atividades físicas.

Não deixe de nos contar o que você achou do artigo! E aproveite para conferir mais dicas de saúde e exercícios para idosos aqui no Vivo Mais Saudável.

Geralda Parente, 76 anos, revela a essência do projeto: "A gente brinca, a gente dança, a gente faz tudo".
"Se não fosse a capoterapia, eu não estava andando e pulando hoje", revela Maria Dinah, de 85 anos.
Para alguns, o exercício é bom, mas o que importa mesmo são os encontros e as amizades feitas nas aulas.
Normilda Vasconcellos diz que quando a pessoa vai a uma das sessões, dificilmente abandona os encontros na capoterapia.
A Capoterapia é uma terapia alternativa onde se utiliza elemento da capoeira adaptada para pessoas sem hábito de prática de atividade física ou esportiva, respeitando a condição física, as potencialidades, os limites e as características psicológicas individuais do praticante. 
Share on Google Plus

About Criativo Publicidade

0 comentários:

Postar um comentário