Longas filas ainda marcam postos de combustíveis no DF

As longas filas para abastecer os carros continuam a se formar nos postos de combustíveis do Distrito Federal. O medo de ficar sem combustível faz com que os brasilienses corram em busca de gasolina e etanol. Segundo a Polícia Militar, ao menos 86 caminhões-tanques foram escoltados pela corporação e distribuídos em diversas regiões administrativas, nesta terça-feira (29).
O auxiliar administrativo Rogério Pereira, 43 anos, procurou combustível em três postos diferentes: sendo dois no Setor de Indústria e Abastecimento (SIA) e outro na Estrutural. “As filas estavam enormes, só que quando eu chegava perto de abastecer, diziam que não tinha mais gasolina”, lamentou. A solução foi andar até a Asa Sul, onde trabalha, e tentar pela quarta vez.
No domingo (27), o Sindicombustíveis havia confirmado a redução de 27% para 21% no teor de álcool anidro misturado à gasolina.
Peregrinação atrás de abastecimento
A corretora de imóveis Tathyane Albuquerque, 40, andou mais de 30 quilômetros em busca de um posto que tivesse o combustível. Ela mora em Santa Maria e encontrou gasolina em um posto da Asa Sul. “Moro em Santa Maria e vim para Asa Sul, nem trabalho aqui perto. Vim só por conta da gasolina. As filas em Santa Maria estão enormes. Tenho amigos que ficaram de quatro a cinco horas esperando. Em comparação com Santa Maria, aqui está bem melhor. ”, diz. Tathyane aguardava há trinta minutos.

FONTE: JORNAL DE BRASÍLIA

Share on Google Plus

About Criativo Publicidade

0 comentários:

Postar um comentário