Jogador sub-17 reage a assalto e é morto por causa de tênis

O jogador de futebol Lucas Gonçalves de Oliveira, 17 anos, foi morto durante um assalto, na noite de terça-feira (15),  na Marginal Tietê, em frente a Telha Norte, na zona oeste capital.
De acordo com o boletim de ocorrência, o pai de Lucas, Luciano de Oliveira, de 43 anos, foi avisado por um amigo do garoto que ele havia sido baleado. Luciano estava em casa, que fica na região da Água Branca, e foi até o local.

A tia da vítima, que o acompanhava, levou Lucas até a unidade de assistência médica AMA Sorocabana. Mas o 
Lucas era volante no Esporte Clube São Bernardo e estava na categoria sub-17. Em nota, o clube lamentou com pesar a morte do atleta e manifestou os mais profundos sentimentos para a família. Todas as atividades do clube foram canceladas no dia de hoje.
O enterro do atleta aconteceu quinta-feria (17), no Cemitério da Lapa, na zona oeste da cidade. O caso foi registrado no 91ºDP.
Share on Google Plus

About Criativo Publicidade

0 comentários:

Postar um comentário