Criança morre no lugar do irmão em Ceilândia

Uma menina de seis anos foi morta no Conjunto 36F da QNO 18, em Ceilândia, na noite desta segunda-feira (21). Ela passava o dia na casa do tio, Gerson Barbosa Lins, 39 anos, técnico de ar condicionado, e foi encontrada por ele no corredor da casa, ferida na cabeça e no tórax. Os disparos teriam partido de um carro preto e os tiros teriam sido direcionados ao irmão da menina, atingido na perna.
De acordo com a Polícia Militar, que confirma a morte da garota, testemunhas viram os atiradores fugirem no veículo após o atentado e as vítimas foram levadas ao Hospital Regional de Ceilândia (HRC). A investigação do caso ficará a cargo da 24ª Delegacia de Polícia (Setor O).
Momentos de desespero
Gerson conta que estava dentro de casa quando escutou os disparos, por volta das 19h desta segunda. “Vi que meu sobrinho tinha sido pego e procurei a Maria Eduarda. Encontrei ela no chão, caída no corredor, ferida na cabeça e no tórax”, relata. “Ele foi atingido na perna”, complementa.

O tio da vítima ainda conseguiu ver o carro de onde partiram os tiros. “Um Voyage preto. Atiraram e foram embora. O tiro foi pro meu sobrinho e ela, que não tinha nada a ver, morreu”, lamenta. Ele acredita que o homicídio foi resultado de acerto de contas entre uma organização criminosa da QNO 17 contra outra, da QNO 18, mas não quis entrar em detalhes. A PMDF também acredita na versão do familiar.
Aguarde mais informações.
Share on Google Plus

About Criativo Publicidade

0 comentários:

Postar um comentário