Menina não corre risco de perder a visão após assalto dentro de coletivo em Samambaia



A menina de 8 anos de idade que foi empurrada de um ônibus em movimento, na quinta-feira (29/3), foi transferida do Hospital Regional de Taguatinga (HRT) para o Hospital de Base (IHBB). Segundo a avó da criança, ele teve muitos ferimentos pelo corpo, sendo o mais grave no olho direito. No entanto, segundo ela, a menina não corre riscos de perder a visão.

Continua depois da publicid
“Ela precisou ser transferida porque no HRT não tinha um aparelho de tomografia. Na sexta-feira (30/3), conseguimos uma vaga para ela no Hospital de Base. Segundo os laudos dos oftalmologistas, ela não corre o risco de perder a visão”, contou a servidora pública Inez Lopes, 51 anos.


Além disso, ela disse que a menina está se recuperando aos poucos. “Está conversando e reconhecendo as pessoas. Isso é um alívio”, comentou Inez. A mãe da menina, que também foi arremessada do ônibus, já recebeu alta do HRT. “Na sexta-feira, ela foi liberada pelos médicos. Ela ainda está tomando medicamentos, porque quebrou a perna esquerda, e precisou engessar”, continuou Inez. 

Ainda preocupada com a neta, ela lamentou o que aconteceu. “Não tem explicação. Vivemos em um lugar com bastante violência. Ainda não consigo acreditar. Foi algo muito terrível”, desabafou.
Share on Google Plus

About Criativo Publicidade

0 comentários:

Postar um comentário