Cresce o número de furtos de veículos em Samambaia


O número de furtos de veículos registrados em Samambaia cresceu 20% no primeiro semestre deste ano de 2018 em relação ao mesmo período do ano passado. Segundo dados da Polícia Militar (PM), entre janeiro e março deste ano, 512 automóveis foram furtados na cidade, contra 426 nos Três primeiros meses de 2017. 
PROTEÇÃO VEICULAR
Outras 181 ocorrências de roubo de veículos, que é quando há contato do criminoso com a vítima, com uso de violência ou ameaça, foram registradas nos primeiros seis meses deste ano. Neste tipo de crime, na comparação com o mesmo período em 2016, houve redução de 22% no número casos. Em todo o ano passado foram contabilizados 959 furtos e 487 roubos de carros na cidade. 

Porém, a PM chama a atenção para um fato que, de acordo com as autoridades, é corriqueiro: o descuido dos motoristas. “É muito comum registro de carros que foram deixados abertos pelos proprietários, seja a trava ou vidros. Objetos pessoais deixados à vista, o que também chama muito atenção dos criminosos. A PM atua para tentar reprimir essas ocorrências, mas uma parceria entre a fiscalização e a vítima é muito importante. Sempre confirme se realmente trancou o veículo”, ressalta a capitã. 
Sobre regiões e horários em que os furtos são registrados com mais frequência na cidade, a policial diz que a sazonalidade impede que essas informações reflitam a realidade atual. “Quando os criminosos começam a atuar em determinada região, a PM intensifica o patrulhamento no local e eles migram. Em relação ao horário, é complicado determinar nos casos de furto, já que em muitas ocorrências a pessoa chega para trabalhar às 8h e só volta para buscar o carro às 18h, momento em que dá falta do automóvel. O crime é registrado às 18h, mas tivemos o dia inteiro para o delito ter sido cometido”, afirma Patrícia Vieira.
“É um crime onde a vítima participa da situação, então, caso a pessoa haja sem nervosismo, pode pegar características do suspeito, nos informar em que direção o autor fugiu, facilitando para que a PM monte uma ação com a intenção de prender o suspeito e recuperar o veículo”, disse a capitã.
Alinhado a isso, segundo a PM, os militares trabalham com ações estratégicas e patrulhamento em pontos onde esse tipo de crime vem sendo registrado, o que, ainda de acordo com a polícia, também é muito migratório. 
Share on Google Plus

About Criativo Publicidade

0 comentários:

Postar um comentário