Criança se nega a dar ovo de Páscoa a bandido e é agredida e jogada para fora de coletivo em Samambaia


Uma mulher e a filha de oito anos foram arremessadas de um ônibus em movimento durante um assalto em Samambaia. O caso ocorreu por volta das 17h de quinta-feira (30), em um coletivo que faz linha circular Samambaia Sul/Norte. A criança teria se recusado a entregar um ovo de Páscoa aos criminosos.

Segundo ocorrência registrada na 32ª Delegacia de Polícia (Samambaia), dois homens armados com facas invadiram o transporte público e anunciaram o assalto. Em seu depoimento, o cobrador do coletivo disse que os suspeitos aparentavam ser menores de idade. Revoltado com a reação da menina, um deles a empurrou. A mãe tentou segurá-la, e as duas acabaram arremessadas para fora. O coletivo da empresa Urbi estava a 30 km/h.
Nas redes sociais, uma testemunha contou sobre o ocorrido. “Presenciei uma cena de calamidade. Estava vindo de Taguatinga e, ao chegar no final de Samambaia Sul, descendo do ônibus, escutei um pedido de socorro. Ao chegar ao local, se encontravam uma mãe e uma menina de 8 anos caídas na pista, muito machucadas, havia muito sangue. No primeiro momento pensei se tratar de um atropelamento com fuga”, disse.
Na publicação, ela contou que a criança estava insconsciente e a mãe em estado de choque. Elas foram socorridas levadas ao hospital pelo motorista do ônibus. A testemunha acompanhou as vítimas. “Ela [a menina] teve duas convulsões e estava desacordada. Ao ser colocada no ônibus, eu a deitei para que a sua coluna ficasse reta, e tentei arduamente fazê-la acordar. Com muito esforço, ela passou a abrir os olhos”, disse.
“Sua mãe também muito machucada, com o joelho rasgado e as pernas e braços arranhados. Marginais não têm a minima dó de ninguém”, finalizou o texto. Os bandidos fugiram. O caso segue em investigação.
Share on Google Plus

About Criativo Publicidade

0 comentários:

Postar um comentário