'Saidão de Ano Novo' no DF termina com presos foragidos


Quatro detentos não regressaram ao sistema prisional no saidão de Ano-Novo no Distrito Federal. Segundo a Secretaria da Segurança Pública e da Paz Social, o número representa apenas 0,38% dos 1.041 presos liberados para festejar a passagem de 2017 para 2018 com suas famílias. Os sentenciados foram liberados na sexta-feira (29/12) e deveriam voltar às cadeiras às 10h de terça-feira (2/1).
De acordo com a pasta, não houve registro de ocorrência policial atribuída a esses apenados. O direito à saída especial é concedido aos detentos que cumprem pena em regime semiaberto e tenham sido beneficiados com autorização para saídas temporárias, trabalho externo efetivamente implementado ou liberações quinzenais para visitas aos familiares.
Para fazer jus à regalia, o preso não pode ter registro de indisciplina interna.  Aqueles que não se apresentaram no dia estabelecido para o retorno são considerados foragidos e podem perder direito ao regime semiaberto. Quando recapturados responderão a inquérito disciplinar.
Doze não voltaram no Natal
Já na saída temporária do Natal (de 22 a 26 de dezembro), 12 apenados não regressaram, o que significa 1,16% do total de 1.021 homens e mulheres.
Qualquer pessoa pode fornecer informações sobre os foragidos pelos telefones 190 (Polícia Militar), 197 (Polícia Civil), via WhatsApp (8626-1197) da Polícia Civil ou no número 3339-1345 (Sesipe). (Com informações da Secretaria da Segurança Pública e da Paz Social).
Share on Google Plus

About Criativo Publicidade

0 comentários:

Postar um comentário