Menina é encontrada sozinha na rua após ser tirada de casa por suposto amigo da família


O caso de uma criança que foi encontrada caminhando sozinha pela rua na noite de ontem (31) está sendo investigado pela 33ª Delegacia de Polícia (Santa Maria). A menina, de aparentemente 4 anos, teria sido tirada de casa sem autorização por um suposto amigo do pai dela e levada até outra residência, no P Sul. Ela foi encontrada por uma policial por volta das 22h, quando caminhava rumo a um matagal, na QNP 32, momentos depois de ter fugido da casa para onde havia sido levada. O Conselho Tutelar foi acionado logo em seguida.
Sem saber onde ela morava, os conselheiros decidiram circular pelos arredores, em busca de seus pais. “Ela só conseguia lembrar dos nomes deles, mas não o local”, conta a conselheira Andreia. Sem obter sucesso, as buscas tiveram uma pausa e foram retomadas na manhã de hoje.
A procura avançou somente por volta das 12h, quando tiveram que parar o carro após a menina passar mal, na avenida principal da QNP 30. “Vários moradores vieram ajudar, trazendo água para ela. Foi nesse momento que um homem que passava pela rua a reconheceu e chamou para ir com ele. Ela entrou em pânico e começou a gritar, dizendo que não iria com ele”, lembra Andreia.
Aos conselheiros, o homem informou que a menina era filha de um amigo dele, que morava em Santa Maria, e a teria levado para casa porque os pais estavam embriagados e sem condições de cuidar dela. Em seguida, os conselheiros e o homem se dirigiram até a 33ª DP, em Santa Maria, onde, até as 14h30, ele prestava depoimento. A menina deverá passar por exames de corpo delito para saber se houve algum abuso.
Os pais também deverão comparecer à delegacia para prestar depoimento. “Caso seja confirmada a negligência deles com a filha, os órgão competentes serão acionados para decidir o futuro da criança”, afirma a conselheira.
Share on Google Plus

About Criativo Publicidade

0 comentários:

Postar um comentário