Em Samambaia: Família desesperada acorrenta o próprio filho viciado em drogas


Uma família de Samambaia está em pleno estado de desespero com um filho viciado em crack, não teve alternativa ao não ser, acorrentar o jovem dentro de casa para que ele não furte mais os utensílios da residência para trocar por drogas não quebrem os móveis e nem volte a agredir os pais e, para que ele não fuja para os porões mais escuros e corra risco de morte nas ruas furtando e se drogando.
O acorrentamento do rapaz foi à única forma encontrada pelos familiares, para que a justiça decida sim ou não pela internação do jovem de 25 anos, diante de uma Ação de Internação Compulsória impetrada pelos advogados da família. Atualmente, o jovem está totalmente alucinado por causa do efeito do crack, que lhe deixou agressivo e lhe ocasionou a perda das suas faculdades mentais há quase 12 meses.
Segundo o pai do rapaz, de 57 anos, o filho foi jogador profissional de vários times de futebol e teve grande destaque na fase da sua adolescência, mas aos 16 anos começou a usar uma droga vulgarmente conhecida por “Crack” que lhe baniu dos campos de futebol e há 1 ano, a droga lhe alcançou profundamente.
De acordo com os familiares depois de ter a casa e todos os bens furtados pelo jovem para trocar por drogas, o rapaz agora passou a agredir os pais com mordidas e socos. “As minhas lágrimas já se esgotaram e só vivo a troco de orações para que Deus mostre o caminho de salvação para o meu filho. Estamos todos marcados de dentadas e lesionados de pancadas desferidas por ele. É agressivo o tempo todo em busca de dinheiro para comprar drogas”, lamenta a mãe, de 47 anos.

FONTE: SAMAMBAIA EM PAUTA
Share on Google Plus

About Criativo Publicidade

0 comentários:

Postar um comentário