Sequestradora do Hran é condenada a 2 anos de prisão em regime aberto

Gesianna de Oliveira25 anos, que sequestrou um recém-nascido no Hospital Regional da Asa Norte no dia 6 de junho deste ano, foi julgada na tarde desta quarta-feira (06/09) e condenada a 2 anos de reclusão e 10 dias de multa em regime aberto.
A sessão ocorreu na 8ª Vara Criminal de Brasília, por volta das 14h, Gesianna confessou o crime e disse que desejava ser mãe e tentou engravidar, como não conseguiu sequestrou a criança, disse também que estava arrependida.
O crime
A sequestradora entrou no segundo andar do Hran no dia 6 de junho deste ano e levou o bebê, que se chama Johny dos Santos, ela aproveitou para agir enquanto a mãe da criança, Sara Maria da Silva, 19, participava de uma atividade com outras pacientes da maternidade.
Enfermeiras perceberam o desaparecimento da criança e testemunhas avisaram que viram a mulher saindo. Câmeras do hospital não flagraram Gesianna, pois não estavam funcionando.
Gesianna foi encontrada e presa em sua residência na QE 38 do Guará II, no dia seguinte ao rapto. Ela estava com o bebê quando foi abordada e enganou a família dizendo que estava gravida.
Eduarda Fernandes
Share on Google Plus

About Criativo Publicidade

0 comentários:

Postar um comentário