PM suspeito de matar vizinho em Samambaia é transferido para presídio

Responsável por matar o vizinho, o policial militar reformado José de Arimatéia Costa, de 58 anos, foi transferido para o Núcleo de Custódia da Polícia Militar, conhecido como Papudinha, na manhã desta segunda-feira (11).
O crime ocorreu após uma discussão no condomínio Portal do Sol, na quadra 416, em Samambaia Norte, por volta das 18h20 da última quinta-feira (7). De acordo com informações, a vítima morava no andar de cima, e teria cuspido de seu apartamento, o 1803, sujando a janela do vizinho. O comportamento teria irritado o agressor.
O policial então, foi ao grupo do WhatsApp destinado a moradores do prédio e reclamou do comportamento da vítima, identificada como Adilson Santana. “Ô, sem noção que mora no 1803-A, quando escovar seus dentes, vê se não cospe a meleca na casa dos outros. Eu moro aqui no 1703-A, e vi essa sujeira que cuspiram lá de cima”, escreveu o militar no grupo.
Adilson respondeu as acusações questionando se o vizinho estava ficando “maluco” e pedindo respeito. “Me respeite, que educação eu tenho. Não vou escovar porra de dente em varanda”, revidou. Na sequência, segundo testemunhas, o militar foi até a casa de Adilson, onde foi recebido com um soco. O aposentado caiu e sacou a arma, atingindo o homem com pelo menos quatro disparos.
O Corpo de Bombeiros foi acionado, prestou atendimento preliminar, mas a vítima morreu ainda no local. Adilson era funcionário do Banco do Brasil e deixa a mulher e uma filha de 3 meses. O PM fugiu após o crime.
Share on Google Plus

About Criativo Publicidade

0 comentários:

Postar um comentário