Após estupro, adolescente mata o pai com tiro de espingarda

Uma adolescente de 14 anos matou o pai com um tiro de espingarda após ter sido estuprada por dois anos, em Tarauacá, no Acre.  A morte ocorreu na noite dessa terça-feira (7). As informações são do G1.
Segundo a Polícia Civil, a jovem passou por um exame de conjunção carnal que comprovou o estupro. Segundo a corporação, a menina agiu em legítima defesa e não será apreendida.
A jovem confessou à Polícia Militar que era abusada desde os 12 anos e disse que estava cansada das constantes ameaças do pai à família.
Na noite da morte, os pais da jovem estariam bebendo e, no momento em que a mãe teria ido dormir, o pai pegou uma faca e obrigou a filha a manter relações sexuais com ele, que ameaçou matar toda a família caso a adolescente não o obedecesse.
A menina disse à polícia que resistiu. A mãe acordou e viu o pai tentando violentar a filha. Ele teria dito que iria matar todos para que não houvessem testemunhas. Os pais iniciaram uma luta corporal e a jovem pegou uma espingarda e disparou contra o pai, que não resistiu.

Share on Google Plus

About Criativo Publicidade

1 comentários:

  1. Coitada dessa criança ,imagina a cabeça dela,ela tem que receber a maior atenção do estado e da família ,quanto ao crápula esse já deve estar prestando contas ao diabo.

    ResponderExcluir