Policial civil do DF que baleou garoto no coração é denunciado pelo MP

O policial civil do Distrito Federal Sílvio Moreira Rosa foi denunciado nesta segunda-feira (16/1) por tentativa de homicídio duplamente qualificada, por três vezes. Ele é acusado pelo promotor de Justiça Eliseu Antônio da Silva Belo, do Ministério Público de Goiás (MPGO), de tentar matar, por motivo fútil e recurso que impossibilitou a defesa das vítimas, o casal Erlon Caxias e Paula Caxias e o filho deles, Luís Guilherme Coelho Caxias. A criança foi baleada no coração e, passados 10 dias do crime, ainda está internada no Hospital de Base.
O crime ocorreu no último dia 6, por volta das 9h40, no km 35 da BR-070, no distrito de Edilândia, município de Cocalzinho de Goiás. De acordo com a denúncia, em determinado ponto da rodovia, que estava em manutenção, havia um revezamento de passagem de veículos, já que uma faixa da pista estava interditada. Assim, quando a família chegou próximo da interdição, o veículo de Sílvio Moreira, que até então estava parado no acostamento, entrou bruscamente na frente do carro das vítimas, para ter acesso primeiro à faixa única liberada para passagem dos motoristas.
Share on Google Plus

About Criativo Publicidade

0 comentários:

Postar um comentário