Assassino de professora tem histórico de crimes desde a adolescência

Leandro foi apreendido pela primeira vez em novembro de 2008, no Riacho Fundo, por porte ilegal de drogas. Na oportunidade, acabou encaminhado para a Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA) e, depois, liberado. Em fevereiro de 2009, Leandro foi pego novamente, desta vez pelo furto de uma bicicleta, na área central do Gama.
Já em maio de 2010, Leandro, então com 17 anos, foi apreendido pela última vez, pelo crime de porte ilegal de arma de fogo. Naquela época, o Centro de Atendimento Juvenil Especializado (Caje) ainda existia. O jovem foi encaminhado para cumprir medida socioeducativa. Em 2011, já adulto, Leonardo cometeu roubos nas cidades do Recanto das Emas, Riacho Fundo e Gama.
De acordo com o especialista em segurança pública George Felipe de Lima Dantas, o histórico de crimes de Leonardo serve de pano de fundo para ilustrar a falência do sistema socioeducativo e prisional brasileiro.
Leonardo foi preso na madrugada de sábado (7), em Samambaia, á polícia, disse que a arma disparou acidentalmente, quando a professora teria dado um “tapa” no revólver, achando se tratar de um equipamento de brinquedo.
Share on Google Plus

About Criativo Publicidade

0 comentários:

Postar um comentário